Coaching Pessoal e Coaching de Vida: Quais são as diferenças? - Ápice
1019
post-template-default,single,single-post,postid-1019,single-format-standard,mega-menu-top-navigation,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Coaching Pessoal e Coaching de Vida: Quais são as diferenças?

Após uma breve pesquisa sobre as áreas de coaching, é comum aparecerem dúvidas sobre dois temas: o pessoal e o de vida. Afinal, ambos trabalham a vida pessoal, parecendo ser a mesma coisa em um primeiro instante. Apesar de serem assuntos semelhantes, há diferenças que, durante o processo, são fundamentais para o desenvolvimento do cliente. Explico melhor abaixo.

O coaching pessoal trabalha com um objetivo específico que o cliente apresenta. Acreditamos que o cliente tem em si a resolução de seu objetivo e estimulado com perguntas poderosas, traça metas alcançáveis, conseguindo resultados positivos em um curto espaço de tempo.

Com isso, o coach auxilia o seu cliente a conduzir as ações positivas, ajudando-o a montar um passo a passo para atingir a realização plena.

Além disso, as mudanças de comportamento e as ações acontecem sem sofrimento, dor ou luta interna. O método tem foco no futuro, fazendo que o cliente alcance o seu maior objetivo. Para isso,  através de métodos avançados de Programação Neurolinguística (PNL), Hipnose Ericksoniana, Constelações Sistêmicas, entre outros métodos e instrumentos, o cliente aprimora sua inteligência emocional, pois estes processos desenvolvem suas competências, fazendo suas emoções jogarem a seu favor.

Diferentemente de outros processos, como a terapia, por exemplo, o processo de coaching é estruturado, com início, meio e fim.

Coaching de Vida

Já o objetivo do coaching de vida é um pouco diferente: a metodologia é a mesma do coaching pessoal, porém o objetivo é evoluir a vida do cliente como um todo, não apenas um ponto específico. Para melhorar os diversos aspectos da vida do cliente, o coach utiliza perguntas poderosas e técnicas para descobrir o nível de satisfação de seu cliente quanto às diversas áreas da vida, identificando as áreas mais desenvolvidas e as que precisam de maior atenção e melhoria.

Após essa descoberta, através das mesmas metodologias avançadas usadas no pessoal, com perguntas e processos, é identificada a área que, se desenvolvida primeiro, irá alavancar as outras áreas que precisam de algum reparo. E com isso, começa-se o processo de desenvolvimento, buscando sempre o que de melhor pode acontecer em determinada área da vida, o que seria a “nota 10” nestes aspectos, com ferramentas adquiridas durante o acompanhamento para alcançar a plenitude. Isso não é demais?!

Basicamente, a diferença entre os dois é o foco. Enquanto o coaching pessoal foca em um aspecto a ser melhorado ou objetivo a ser alcançado, o coaching de vida busca evoluir todos os aspectos, para alcançar o bem estar pleno. Os dois segmentos utilizam-se dos mesmos métodos e processos, porém, de maneira mais assertiva para cada segmento. 

Espero que tenha esclarecido todas as suas dúvidas. Tem mais alguma dúvida ou sugestão, deixe aqui nos comentários, estou esperando! Até a próxima!



X