O que fazer para meus relacionamentos serem felizes?
1329
post-template-default,single,single-post,postid-1329,single-format-standard,mega-menu-top-navigation,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

O que fazer para meus relacionamentos serem felizes?

Tenho uma pergunta importante para você: Você já amou mais o seu companheiro do que a si mesmo? Se sua resposta for positiva, provavelmente seus relacionamentos tinham muitos problemas, certo? Isso acontecia porque, assim como em qualquer outro sentimento que nutrimos, o amor precisa vir primeiramente de dentro de você.

Por isso, o ponto chave de um relacionamento a dois é o amor próprio. Quando você se ama, é muito mais fácil você dar amor ao outro, afinal, como é possível sentir algo tão forte por alguém se não tivermos nem o suficiente para nós mesmos? Somos a única constante de um relacionamento, já que os nossos parceiros são as variáveis, cada um com uma personalidade diferente. Vendo tantas pessoas com dificuldades no amor, decidi escrever esse artigo explicando porque o amor próprio é tão fundamental para se ter sucesso em um relacionamento amoroso.

Ame primeiro a si mesmo

Ter uma grande autoestima é fundamental para se ter uma relação dos sonhos. Uma pessoa com alta autoestima afasta relacionamentos ruins, pois não irá se submeter a situações constrangedoras, a humilhações e não irá pedir afeto a todo momento, para suprir a sua carência. Ou seja, cada um terá o seu lugar no relacionamento, sem ultrapassar o limite do outro.

Uma pessoa com baixa autoestima não se valoriza como deveria. E em seus relacionamentos, acaba se tornando passiva, submissa, sempre concordando por medo de perder seu companheiro.

É importantíssimo se amar em primeiro lugar. Com isso, a força desse amor por si dará a confiança para você se posicionar quando discordar, e com isso, participar ativamente do relacionamento, mantendo um diálogo de igual para igual. Além disso, você vai conseguir perceber quando um relacionamento está te fazendo mal, conseguindo sair a tempo de pessoas nocivas a você.

Você sendo uma pessoa que se ama, naturalmente será uma pessoa mais feliz. Desta forma, fica mais aberta a conhecer novas pessoas, novas culturas e novas experiências. Tendo essa perspectiva, você estimula o seu autoconhecimento, garantindo o seu bem estar e trazendo qualidade para sua vida e consequentemente para os seus relacionamentos.

Dedique um tempo para você

Além disso, é fundamental um tempo só para você. Afinal, quando se está em um relacionamento com alguém que ama, você deseja estar o tempo todo com essa pessoa, não é mesmo? Se você se ama, você precisa passar um tempo consigo mesmo, tendo momentos agradáveis, cuidando do corpo e da mente. Assim, você se torna uma pessoa mais leve e tranquila, colaborando também com a paz em sua relação, afinal, quando um não quer, dois não brigam!

Porém, para muitas pessoas, é desafiante ter esse amor próprio, essa autoestima. Muitas vezes, o medo de perder a pessoa fala mais alto e acaba cedendo às suas vontades, mesmo que você não esteja de acordo. E isso é muito prejudicial, porque o companheiro percebe essa fraqueza e acaba repetindo determinadas ações, pois sabe que você acabará cedendo.

Por isso, é fundamental o autodesenvolvimento. Essa falta de autoestima costuma ter ligação com as crenças a respeito de si que foram instaladas durante toda a sua vida. Pode ser que na infância, a pessoa não se sentiu amada o suficiente pelo pai ou pela mãe, ou então constantemente era comparada com outras pessoas, sempre de maneira crítica, entre outros fatores que possam ter minado a confiança e a autoestima com o passar dos anos.

Como o Coaching de Relacionamentos pode mudar a sua vida

O Coaching de Relacionamentos é uma ferramenta poderosa para quem deseja iniciar algum relacionamento ou para quem deseja potencializar o seu  relacionamento já existente. Durante o processo, você ressignifica crenças limitantes que lhe impedem de conseguir um relacionamento amoroso saudável para si  e para seu companheiro, além de traçar objetivos e metas para conseguir alcançar o estado que você deseja de um relacionamento.

Conhece alguém que já passou pelo processo? Tem interesse em conhecer como funciona? Tem uma história que deseja compartilhar? Conte pra gente nos comentários!



X