Atrasos: Por que eles acontecem ?
1137
post-template-default,single,single-post,postid-1137,single-format-standard,mega-menu-top-navigation,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
Agora ou Depois

Por que acontecem os atrasos?

Muita gente tem dificuldade com horários, de chegar em seus compromissos na hora marcada.

Hoje vou falar com você sobre atrasos.

Talvez você seja uma pessoa que costuma se atrasar para seus compromissos ou se não, conhece alguma, com certeza. Provavelmente isso de alguma forma te atrapalha, seja você o atrasado, ou seja outras pessoas se atrasando para compromissos com você.

Esse é um padrão estruturado e repetitivo nos cérebros das pessoas que atrasam. Por isso, vou explicar de uma forma mais didática, para se entender qual é a estrutura mental da pessoa que chega atrasada sempre.

Normalmente, a pessoa que atrasa tem uma estratégia mental de focar sua atenção na hora da chegada no compromisso.

Como pensa a pessoa atrasada

Por exemplo, se precisa chegar ao local às 14h, e pensa nisso às 12h, que precisa estar lá às 14h, porém está concentrada na hora da chegada e não se preocupa com a hora que precisa sair de casa. Com isso, o tempo vai passando, até que já são 13h30. O desespero começa a bater, pois não se planejou antes, sai todo apressado, correndo, pois começa a cair a ficha que ela precisa estar lá em pouquíssimo tempo.

Tudo isso porque o pensamento é focado na hora da chegada, quando o pensamento é esse, não importa a hora da saída, pois o que precisa é estar lá no horário e com isso, não consegue se organizar bem com o tempo. E porque há pessoas que não se atrasam, que chegam sempre antes do horário? Essas pessoas também correm o risco de pegar trânsito, de esquecer alguma coisa em casa, do transporte demorar. Mas porque não se atrasam?

Porque essa pessoa não tem a mente focada na hora de chegar. Ela foca na hora que precisa sair. Esse é o grande diferencial!

O que preciso fazer para não me atrasar mais?

A estratégia das pessoas que chegam na hora nos lugares é estipular a hora que ela precisa sair de casa e se comprometeu com isso. Muitas vezes, as pessoas pontuais fazem isso sem perceber, de maneira inconsciente. Isso porque é um padrão automático, assim como o das pessoas que se atrasam. Na sua mente, ela sempre faz a conta para o horário que precisa sair.

Pegando o exemplo anterior, a pessoa que precisa chegar às 14h em um lugar, sabendo que leva meia hora pra chegar, programa que vai sair às 13h15. E pensando nesse horário de saída, ela programa tudo o que é necessário para sair nesse horário. E se der algum problema, ela sai umas 13h20. Ainda tem 10 minutos de folga para o horário! Mesmo se tiver algum imprevisto, ela vai conseguir chegar na hora. Muitas vezes vai até mais devagar, com mais calma, porque sabe que está no prazo.

Essa desaceleração faz bem para o equilíbrio emocional, pois a pessoa acumula menos tensão. Os atrasados sempre estão carregados, tensos, desconfortáveis, sempre dando justificativas.

É importante trabalhar a mente da pessoa que atrasa. Se quiser mudar o padrão, se transformar em alguém que sempre chega com antecedência, é preciso começar a pensar na hora em que você precisa sair. Coloque todos seus compromissos em uma agenda, o horário que eles são, e o horário que você deve sair. Comece com dez minutos, para você ir se acostumando. Há pessoas que planejam meia hora, uma hora de adiantamento, mas comece pegando leve, para ir se acostumando aos poucos.

Com isso, você chegará mais relaxado, mais tranquilo, vai conseguir responder aquela mensagem, fazer aquela ligação com mais tempo… Vai melhorar e muito o seu bem estar e vai reduzir o stress, pois vai sobrar tempo para resolver as pendências, ou até mesmo ler algo que você gosta com mais calma.

Fazendo essa inversão de prioridade do horário por uns 20 dias, a mente automatiza o padrão novo, fazendo com que uma pessoa que é conhecida por se atrasar se torne alguém pontual.

Reestruturando os sabotadores internos

Porém, nem sempre é tão simples assim. Muitas vezes, precisamos trabalhar os sabotadores internos que impedem a pessoa de conseguir cumprir esse objetivo. Por exemplo, ela tem um lado rebelde, porque tinha os pais muito controladores, que brigavam pra ela  fazer tudo no horário, para dar o exemplo.

Geralmente, na adolescência, a pessoa se rebela e decide fazer tudo do seu jeito, que geralmente é o contrário do que fazia antes. Ou seja, ela confunde disciplina com repressão, e instala dentro de si esse lado rebelde, de fazer tudo na hora que bem entende, porque vai dar tempo. E com isso, acaba adquirindo o padrão de atrasar.

Quando chega na fase adulta, ela já repetiu tanto o padrão do atraso, que ela não consegue mais mudar. Ela tem o lado que quer chegar na hora certa, mas o monstrinho sabotador que causa o atraso é maior, aquele adolescente sabota o lado adulto.

Isso acaba gerando infelicidade, porque gera desgaste. É fundamental reprogramar esse sabotador, esse adolescente rebelde que vive dentro da pessoa. Sem isso, a mudança não acontece.

Essa questão é facilmente resolvida em atendimentos individuais. 

Gostou das dicas?

Comente abaixo se elas foram úteis!

Nenhum Comentário

Comentar

X