A zona de conforto pode prejudicar o seu autodesenvolvimento
1514
post-template-default,single,single-post,postid-1514,single-format-standard,mega-menu-top-navigation,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
Empresário confortável dentro de uma bolha

A zona de conforto pode prejudicar o seu autodesenvolvimento

Você não possui desafios em sua rotina? Não arrisca fazer algo que possa otimizar o seu tempo por medo de dar errado e permanece fazendo sempre as mesmas coisas, por mais maçante que seja? Se respondeu sim para alguma dessas perguntas, você está na famosa zona de conforto.

A zona de conforto é um conjunto de ações rotineiras, simples e confortáveis em que a pessoa está acostumada a realizar, sem nenhum tipo de desafio ou imprevisto. Não é algo necessariamente ruim estar habituado com procedimentos e fazê-los sem dificuldade, porém esse automatismo pode impedir que você crie novas perspectivas, te limitando a ter apenas um jeito de fazer as coisas, lhe deixando sem repertório.

E isso é muito perigoso, por uma série de fatores: A partir do momento em que algo não sai como o planejado, você fica sem saber o que fazer ou tenta fazer o que comumente está acostumado – e acaba não dando certo. Com isso, você se irrita e não tem a flexibilidade necessária para tentar agir de outra forma. Além disso, o ser humano é movido a desafios, precisa de adrenalina para se estimular. Algo que é fácil e já conhecido é cômodo, mas se torna desinteressante com o passar do tempo. Como consequência, a rotina se torna monótona e você acaba cumprindo as suas obrigações sem vontade – o que gera insatisfação e tristeza.

Por isso, é fundamental pensar fora da caixinha. E o que seria isso? É utilizar a criatividade para solucionar problemas, é ser flexível e aceitar outros modos de fazer alguma coisa. Um dos pressupostos da PNL é: A flexibilidade gera resultado. Quanto mais flexibilidade você tem, mais repertório você possui para atingir seus objetivos.

O que posso fazer para sair da zona de conforto?

Para obter resultados diferentes, você precisa fazer diferente. E ao pensar em novas possibilidades, você tem ânimo, vontade e fica motivado em fazer o que precisa. O desafio é gostoso porque o prazer de cumpri-lo é indescritível.

Está na zona de conforto é quer sair? Comece por coisas pequenas, como fazer outro caminho para voltar para casa, comece algum curso, tente fazer de outra maneira aquele trabalho que você tentou três vezes de uma forma e não deu certo, procure alguém que possa te ajudar com isso. Neste vídeo, falamos sobre a zona de conforto, e damos dicas para sair dela.

Conte para gente: Você está na zona de conforto? Estava e conseguiu sair? Você é flexível, consegue pensar em diferentes formas de agir? Diga sua história nos comentários!

Tags:
Nenhum Comentário

Comentar

X